Ed Sheeran está com sorte na música e no amor! O superastro britânico do pop, 26, revelou como ele reencontrou sua crush do ensino médio, Cherry Seaborn, em uma nova entrevista ao diretor da US Weekly Entertainment, Ian Drew.

“Uma de nossas melhores amigas trabalhava na minha turnê”, Sheeran, quem acabou de lançar com sucesso seu terceiro álbum, Divide, conta à US. “Então, quando fomos à Nova York, onde ela morava na época, saímos e entramos em contato de novo através de nossa amiga em comum. Ela é ótima.”

O cantor de “Shape Of You” e a consultora financeira, 24, entraram em contato primeiro na Thomas Mills High School em sua cidade natal em Suffolk, Inglaterra. Mas ela mudou para Carolina do Norte logo em seguida, para ir à Duke University. Sheeran, que agora mora com Seaborn em sua cidade natal, recentemente admitiu à Rolling Stone que “Um dia isso tudo irá acabar. E eu sei que a única pessoa que irá permanecer constante é a Cherry.”

Leia a seguir mais sobre o que Sheeran tem a dizer sobre amor, sobre como ela inspirou as faixas de sucesso de seu álbum #1 e estilo de vida mais saudável.

Sobre seu sucesso mundial

“Eu pensei que teria atingido o máximo há quatro ou cinco anos. Eu ainda fico surpreso com o quão grande está ficando. A coisa mais maravilhosa é ter lançado o álbum há pouco tempo, tocar shows e cantar letras de músicas que foram secretas pelos últimos três anos e o quão rápido as pessoas podem aprender as novas letras. Estou maravilhado.”

Sobre sua pausa de um ano

Eu tive tanto tempo no mundo quanto precisei para fazer um álbum. Foi uma cobertura segura para se ter porque eu realmente pude levar o meu tempo com isso. Enquanto os últimos dois álbuns eu fiz na estrada e em turnês. Eu tirei dois anos para viajar primeiro e depois seis meses morando na minha casa em Suffolk, fazendo o álbum lá. Encontrar o meu equilíbrio na vida foi o melhor. Eu não havia me ajustado completamente ao meu novo estilo de vida, então tirar uma no de férias para considerar tudo foi muito importante. Eu tenho um grupo forte de amigos e uma namorada incrível com quem cresci. Eu tenho uma casa onde cresci. Então, mantive minhas raízes. Eu tive toda a ajuda necessária para continuar com os pés no chão.

Sobre ter ficado sem camisa no vídeo de Shape Of You

Meu estilo de vida mudou. Eu percebi que precisava começar a fazer exercícios, não necessariamente para ficar magro, mas para ter um coração sadio. Ao exercitar e não ter um estilo de vida tão selvagem, você acaba sendo um ser humano saudável. Tirar a minha blusa no vídeo não foi minha ideia, porém. Foi do diretor e meio que aconteceu no último minuto. Eu não estava muito confortável com aquilo, mas ele fez as coisas de uma forma que acabaram ficando muito bacana.

Sobre como Cherry inspirou sua nova balada, Perfect

“Perfect” foi a primeira música que escrevi para o álbum, foi inspirada na Cherry. O verso que diz ‘Barefoot on the grass, listening to our favorite song’ [Com os pés descalços na grama, escutando nossas música preferida] é sobre quando estávamos em Ibiza escutando a música March Madness, do Future, literalmente não usando sapatos e ficando loucos no gramado, o que foi um momento muito bom. Eu não vi a primeira reação dela à música porque ela morava em Nova York no momento. Então, eu enviei a ela por e-mail, mas ela gostou muito sim.

Sobre como sua avó inspirou a faixa Supermarket Flowers

Ela estava no hospital próximo à minha casa onde estava gravando o álbum. Então, eu a visitava todos os dias e ela fez bastante parte de todo o processo do álbum. Eu trabalhei com o meu irmão pela primeira vez, ele fez todos os arranjos de cordas para o álbum, e isso surgiu porque ela queria que nós trabalhássemos juntos. Quando ela faleceu, eu estava no estúdio e a minha reação imediata foi escrever uma música sobre ela. A minha mãe a escutou pela primeira vez meses atrás. Ela enviou um e-mail bem grande e legal, explicando como ela se sentia sobre [a música] e o quão positiva ela era. Nós não iremos viver para sempre, mas a música sim, o que é algo muito bacana.

Sobre começar a própria família

Eu quero filhos, mas só porque você está pronto não significa que tem que acontecer. Eu acho que você pode ficar pronto por cinco ou 10 anos e então escolher a hora certa. Mas me sinto positivo quanto a isso.

 

Fonte | Tradução e adaptação: Fernanda – Equipe ESBR
Não reproduzir sem os créditos.