Havia pouquíssima dúvida de que Ed Sheeran abocanharia o primeiro lugar essa semana, mas no dia 10 de março, o Official Charts pôde confirmar que o novo álbum do cantor-compositor é o material de um artista masculino a ter vendido mais rapidamente – e os recordes não param por aí.

O extremamente esperado terceiro álbum (pronuncia-se Divide) conquistou a impressionante marca de 672 mil nessa semana, dando a Ed a maior semana de lançamento de um álbum na história do Official Charts para um artista masculino, e a terceira venda mais rápida de todos os tempos em uma primeira semana. Apenas do 25 da Adele (800.000) e o Be Here Now do Oasis (696.000) conseguiram vender mais em seus primeiros 7 dias de lançamento.

Essa foi uma semana fenomenal para o Ed e uma que é vista raramente no Official Chart. Em sua primeira semana, o ÷ vendeu mais do que todo o resto do top 500 do Official Chart juntos nessa semana. E quatro vezzes mais que o álbum que mais vendeu em uma primeira semana em 2016, o Blackstar do Bowie (146 mil cópias na 1ª semana). Esse número significa que o álbum já é 2x platina, certificado do BPI.

Ed conta ao OfficialCharts.com: “Uau! Que semana fenomenal. A cada pessoa que tenha comprado o álbum – obrigado. Estou radiante!”

Um artista britânico e um álbum com grande apelo aos fãs de todas as gerações e gêneros – o álbum foi tocado fortemente em todos os formatos nessa semana, o ÷ foi levado predominantemente por vendas físicas (62%), 26% de downloads e 12% de streaming equivalente à venda, este sendo um novo recorde como a maior venda via streaming na primeira semana de lançamento. O terceiro LP de Ed acumulou 79 mil streams, já superando Gang Sings & Prayer, do Stormzy, que havia conquistado um novo recorde na semana anterior.

O álbum é o terceiro consecutivo de Ed a conquistar o 1º lugar, após o x de 2014 e o + de 2011. Ambos estão no Top 5 do Official Albums Chart hoje, em 4º e 5º, respectivamente.

Ed também conquistou a maior venda de vinis em uma semana em mais de vinte anos – tendo vendido mais nessa semana do que qualquer outro vinil nas últimas duas decadas, através de estrelas tradicionais na linha, como Bowie, Artic Monkeys, Radiohead e Noel Gallagher.

Ed também conquistou ainda mais no chart, uma vez que Shape Of You lidera no topo do Official Singles Chart, tendo vendido mais de 141 mil cópias. Todas as 16 músicas do ÷ estão no Top 20, acho que nenhum outro artista chegou perto de conquistar, e isso é um reflexo da escala desse lançamento e seu vasto apelo ao público.

Atrás de Shape Of You, Ed está em todo o Top 5 – a primeira vez que um artista conquista isso – com Galway Girl (2), Castle On The Hill (3), Perfect (4) e New Man (5). E com nove músicas no Top 10 hoje, Ed já configura um novo recorde ao ter a maior quantidade de singles de um único álbum no Top 10 (How Would You Feel (Paean) está em 11 nessa semana, mas já ficou entre o Top 10 anteriormente). O antigo detentor deste recorde era Calvin Harris, que havia conseguido nove  singles no Top 10 com seu álbum 18 Months.

Ed também domina no Official Irish Singles (chart de singles irlandeses) e Irish Albums Charts (chart de álbuns irlandeses), uma vez que faixas relacionadas à herança irlandesa de Ed estão com um desempenho ótimo. Galway Girl é o single nº 1 no país esta semana, superando Shape Of You (2) em 3.000. A faixa do ÷ deluxe, Nancy Mulligan – a história dos avós irlandeses de Ed Sheeran – está em nº 3.  O ÷ em si é nº1 no Official Irish Albums Chart, tendo vendido que todo o resto to Top 40 juntos.

Ben Cook, Presidente na Atlantic Records UK, comenta:

“Ed realmente é único e o ÷ é uma afirmação musical incrível que somente ele conseguiria fazer; é apaixonado e contemporâneo, e ao mesmo tempo distinto e atemporal. Nos seis anos de seu contrato conosco, nada com o Ed tem sido acidental – ele constantemente aumentou o objetivo, desafiando-nos a acompanhar sua obstinação e faceta musical a cada passo. Com o ÷ não é diferente. Este é o seu melhor álbum até o momento e, juntos, temos inovado para criar esse momento histórico e cultura. Ed se provou um artista moderno raro, cuja carreira continua a crescer estratosfericamente, e sua música ressoará através de gerações por anos e anos. Que figura!”

Martin Talbot, Chefe Executido da Official Charts Company, acrescenta:

“O Divide é um álbum enorme, um fenômeno genuíno. O impacto que causou nessa semana, tanto no Official Singles Chart quanto no Official Albums Chart (16 singles no Top 20 e 2 álbuns no top 5), é verdadeiramente impressionante e coloca Ed Sheeran num nível apenas ocupado pela Adele e  Oasis nos últimos 30 anos. Parabéns, Ed, por esse sucesso incrível.”

Fonte | Tradução e adaptação: Equipe ESBR
Não reproduzir sem os créditos.