Ed Sheeran admite que quase perdeu tudo


Durante uma entrevista no Seven’s Sunday Night, Ed Sheeran admitiu que estava “emocionalmente exausto e fisicamente mal” quando ele decidiu se afastar dos holofotes.

Ele contou a Angela Cox, reporter convidada do Sunday Night isso, “Eu estava tipo, o mais doente que eu já estive. Cabelo caindo, apenas pesado, bêbado,… tipo, não era ótimo.”  Ed estava nos olhos do público por seis anos e iria retornar para a música depois de doze meses.

Ed diz, “Eu só precisava achar um equilíbrio de novo e você precisa gostar do que você faz.” Ele continuou dizendo: “Eu estaria subindo no palco e pensando, ‘oh eu preciso sair disso’, e agora não quero parar de viajar. Agora eu realmente aprecio isso, encontrei uma maneira de equilibrar e ser capaz de fazer isso, mas é definitivamente essa a razão pela qual tirei um ano de folga”.

Durante seu tempo livre, Ed fez algumas viagens ao redor do mundo. Ele visitou a Islândia, Gana, Itália, Fiji, Japão, Nova Zelândia e Tasmânia. Por sorte, enquanto ele estava vivendo sua vida, as músicas dele permaneceram nas paradas e estavam em alta demanda em todos os meios de transmissão.

Depois de lançar seu mais novo álbum, ÷ (Divide), atingiu o número 1 em 95 países.

Ele mesmo confessou que “Thinking Out Loud” agora é a favorita dos recém-casados em casamentos. “É bom porque imortaliza a música em termos de… mesmo que eu saia de moda e ninguém mais me escute, há casais em todos os lugares que compartilham essa música, e essa música sempre existirá em sua vida, mesmo que não exista na vida pública. Eu apenas acho que faz sua música durar para sempre, memórias como essa”.

Fonte | Tradução e adaptação: Luísa – Equipe ESBR.

 

Escrito por Luísa
18.06