Ed Sheeran não entrará na disputa entre Taylor Swift e Katy Perry tão cedo.

Perry recentemente causou alvoroço por parecer atacar Swift em sua música “Swish Swish”, aparente retaliação pela música de 2014 de Taylor Swift, “Bad Blood”.

Embora seja próximo de Swift, Sheeran diz que não sente necessidade de defender sua amiga na música. “Eu não acho que ela precisa disso”, contou à People o cantor “Shape of You”, de 26 anos, no ‘Songwriters Hall of Fame 48th Anunual Induction and Awards Gala’ no hotel New York Marriott Marquis na quinta-feira à noite.

O que o homenageado do prêmio ‘Hal David Starlight’ pensa sobre a tendência atual de músicas que insultam? “Eu não acho que essas músicas com indiretas são modinha, elas sempre existiram”. Um exemplo famoso? “Foi principalmente como Carly Simon“, disse o cantor e compositor britânico. Em 2015, Simon revelou que o segundo verso de sua lendária música de vingança “You’re So Vain” é sobre Warren Beatty.

Houve uma resposta frenética quando Sheeran escreveu e realizou um ataque musical? “Eu já fiz músicas com indiretas antes, mas ninguém se importa com elas!“, Ele disse à People rindo.

O “poder de fogo” extra de Sheeran [nessa rixa] talvez não seja necessário, porque Perry, de 32 anos, aparentemente acertou as contas com Swift, 27, de uma vez por todas. “Eu a perdoo e desculpo por tudo o que já fez, e espero o mesmo por ela“, disse ela à CEO da Thrive, Arianna Huffington, na semana passada. “Eu a amo, e eu quero o melhor para ela. E acho que ela é compositora fantástica.

Durante uma apresentação de “Swish Swish” na segunda-feira, Perry pareceu abençoar Swift em suas letras. Em vez de cantar a frase “Não venha atrás de mim“, no primeiro verso, Perry cantou: “Deus te abençoe na sua jornada, ó menina”.

Fonte | Tradução e adaptação: Eduarda – Equipe Ed Sheeran Brasil
Não reproduzir sem os créditos