Desde o começo de 2017, Ed Sheeran tem mantido uma constante presença dentro das pesquisas como principal album e música nas paradas aqui na América, uma vez que o país não se cansa nem dele e nem de suas músicas. Seu album Divide é um dos lançamentos de maior sucesso do ano e seu single “Shape of You” só saiu do top 10 esse mês após um longo período se mantendo nele. Durante os meses que a musica ficou na posição mais alta da lista, ela fez história de diversas maneiras e quebrou vários recordes e, por um momento, realmente aparentou que nunca iria desaparecer.
“Shape” agora está descendo de posição, mas deixou um legado inegável, e é dificil listar todos as maneiras que a música impactou os charts, mas aqui está uma boa forma de ver a situação de outra forma.

#1
Apenas uma semana após estar disponível para o público, “Shape Of You” apareceu no topo das paradas de diversas nações, como no país natal do artista e nos Estados Unidos, onde se tornou seu guia para o Hot 100. O fato de que a nova oferta pop de Sheeran achou seu caminho até o topo não foi exatamente surpreendente para ninguém, mas foi de certa forma chocante o tempo que permaneceu lá.
Aqui nos Estados Unidos acabou ganhando o primeiro lugar por 12 semanas não consecutivas, segurando a quarta corrida mais longa até o pico de todos os tempos. No Reino Unido, a musica pop ficou no comando por incríveis 14 semanas. Na Austrália, a música se tornou a que se manteve pelo maior período de tempo em primeiro lugar, com 15 posições em seu crédito.
Ao mesmo tempo que a sua música se lançava em primeiro lugar em territórios em todo o mundo, seu outro single “Castle on The Hill” também foi se lançando dentro do top 10 em alguns lugares, como nos Estados Unidos e no Reino Unido. Aqui na América, ele se tornou o primeiro artista a começar com um par de músicas recém lançadas dentro do top 10 no Hot 100 simultaneamente, enquanto em seu país natal as músicas ocupavam as posições #1 e #2, o transformando no primeiro músico a conseguir chegar perto de atingir essa marca.

TOP 5
Depois de passar doze semanas no topo dos charts aqui nos Estados Unidos (começando quando a música ficou no topo assim que foi lançada), levou um longo tempo para “Shape Of You” descer de posição e acabou passando muitas semanas dentro do top 5 do Hot 100.
Na sua vigésima semana se mantendo na lista das mais escutadas, “Shape” fez história ao se manter pelo o máximo de semanas dentro do Top 5 desde o seu lançamento naquela região, uma específica, porém importante conquista. Ela se manteve entre a primeira e a quinta colocação por seis meses inteiros, uma incrível estadia em qualquer lugar das paradas, deixada entre as cinco posições mais altas.

TOP 10
Depois de eventualmente chegar à sexta posição, ainda levou diversas semanas até que “Shape Of You” chegasse perto de sair do Top 10 totalmente. Na verdade, depois de passar 20 semanas dentro do top 5, o single de maior sucesso de Sheeran passou meses nas posições mais baixas do Top 10, o que fez com que ele quebrasse recordes. Primeiro, a música pop a se manter pelo maior número de semanas dentro daquela área e depois por derrubar “Closer”, do The Chainsmokers, e “How Do I Live”, de LeAnn Rimes, já que as duas de mantiveram por 32 semanas, uma semana a menos. A corrida dentro do Top 10 que “Shape” concluiu depois de inacreditáveis 33 semanas, que agora se mantém com a maior colocação consecutiva dentro desse nível.

TRANSMISSÃO
Quando apareceu pela primeira vez, milhões de pessoas se apressaram para escutar o novo single pop de Ed Sheeran, o que o ajudou imediatamente a provar sua popularidade no Spotify. A música foi a mais transmitida no seu dia de estreia no mundo e, alguns dias depois, o cantor e compositor quebrou o seu recém criado recorde. Mesmo que esses recordes tenham já tenham sido derrubados por Taylor Swift com seu novo single “Look What You Made Me Do”, “Shape” ainda tem lugar na história de transmissões, e atualmente se mantem como a música mais tocada no Reino Unido e será pra sempre lembrada como a terceira música a alcançar um bilhão de visualizações no Spotify, ficando atrás apenas de “One Dance”, do Drake, e “Closer”, do The Chainsmokers.

VENDAS
Talvez ainda tenha tempo para outra música pegar o seu lugar, entretanto, a essa altura, parece que 2017 será concluido com “Shape Of You” como a música mais vendida do ano. Na metade do ano, Nielsen Music reportou que o massivo hit de Ed Sheeran foi a unica música a realmente vender dois milhões de cópias, e isso foi pelo menos meio milhão de unidades a menos de seu concorrente. Nos dias atuais, as vendas estão diminuindo muito, especialmente quando se trata de singles, logo a conquista de Sheeran não passou despercebida, e continua a vender milhares de unidades toda semana.

Fonte| Tradução e adaptação: Maria Eduarda – Equipe EdSheeranBR
Não reproduzir sem os créditos