Ed Sheeran dominou as paradas da Pollstar de 2018 do meio do ano, com impressionantes $213,9 milhões arrecadados no total (aproximadamente 820 milhões de reais), o maior recorde desde que a contagem começou a ser feita em 2009. É um aumento gigante de 40% sobre o nº1 do ano passado, Guns N’ Roses, que totalizou $151,5 milhões (R$ 580.000,00) e 20% a mais que o antigo líder, AC/DC, que arrecadou $177,5 milhões (R$ 683 mi) em 2010.

A contagem de seis meses de Sheeran é $100 milhões (R$ 385 mi) a mais que o artista em 2º lugar, Bruno Mars – ele arrecadou $113 milhões (R$ 435 mi) – e mais que o dobro da arrecadação individual do resto da lista, que inclui The Rolling Stones, Taylor Swift, Pink e outros. Ele também vendeu impressionantes 2,62 milhões de ingressos, quase o dobro dos 1,39 milhões que o Guns N’ Roses vendeu em 2017 e 44% a mais que o 1,82 milhão do AC/DC em 2010.

 

Parte da vantagem de Sheeran está no número de shows que ele tocou: 52 em 21 cidades, o que é mais que qualquer outro no top 10, embora tanto Mars quanto Roger Waters (9º colocado) entraram com 50 shows. Além disso, as datas de Sheeran em 2018 aconteceram fora dos Estados Unidos (por enquanto), com paradas na Austrália e Nova Zelândia, Ásia e Europa, o que continuará em agosto – e após apenas seis dias de descanso, ele lançará a turnê em estádios pela América do Norte no Rose Bowl em Los Angeles, no dia 18 de agosto. Essa leg da turnê termina em novembro, com a turnê por ora terminando em março de 2019 na África do Sul.

Fonte | Tradução e adaptação: Fernanda – Equipe EdSheeranBr
Não reproduzir sem os créditos