Ed Sheeran tem apoiado a equipe de seu bar em Londres ao recusar colocá-los em licença durante a crise do coronavírus.

O cantor é sócio do bar Bertie Blossoms, em Notting Hill junto com seu empresário Stuart Camp.

Mesmo fechando as portas em março para evitar o espalhamento do Covid-19, Ed e Stuart garantiram que seus funcionários – incluindo garçons chefs e auxiliares – não ficarão sem emprego no futuro próximo.

O negócio recusou a chance de colocar seus funcionários em licença usando uma alternativa governamental onde 80% do salário é pago pelo governo e 20% pelo dono do estabelecimento.

Um representante de Ed disse ao The Sun: “O negócio, comandado por Ed Sheeran e Stuart Camp, não está e não irá utilizar nenhum subsídio governamental, incluindo licenças, empréstimos e doações ou qualquer auxílio semelhante.”

Contas recentes mostraram que o estabelecimento devia 1.7 milhões de libras para os credores.

The Sun também afirmou que Ed doou cerca de 1 milhão de libras para caridades locais na cidade de Suffolk.

Fonte: NME